UBSs do DF têm horário estendido para até às 22h

19 UBSs serão contempladas pelo projeto, além de contar com mais profissionais da saúde para a realização dos atendimentos

Um projeto que será implementado em 19 UBSs do Distrito Federal fará com que o horário de encerramento delas passe a ser às 22h. O objetivo da iniciativa é poder oferecer à população uma gama maior de serviços. Principalmente àqueles que não conseguem chegar às consultas até às 18h, horário em que as unidades básicas de saúde terminavam suas atividades até então. Para atender a demanda que deve crescer, os locais de atenção primária ganharão reforço de servidores.

A UBS 5, em Taguatinga do Sul, foi o primeiro local a ser atendido pelo projeto de ampliação do horário de funcionamento. As próximas UBSs a serem expandidas são as unidades: da Asa Norte; do Riacho Fundo 1 e 2; da Estrutural; do Guará; do Paranoá; de São Sebastião; do Itapoã; de Sobradinho 1 e 2; de Planaltina; de Ceilândia; do Recanto das Emas; de Samambaia; de Águas Claras; de Santa Maria e do Gama. No entanto, estes locais não atendem casos de emergência e urgência. Com isso, as pessoas que necessitarem de consulta imediata, vão precisar buscar as unidades de pronto atendimento (UPA) e do pronto-socorro hospitalar.

Realocação de servidores

Haverá realocação dos servidores de saúde para estas UBSs. Eles serão distribuídos nos turnos matutino, vespertino e noturno. Além disso, serão responsáveis por atender as demandas espontâneas e as consultas pré-agendadas. A expectativa é que a medida beneficie, em grande número, as populações locais, de acordo com a secretária adjunta de Assistência à Saúde, Lucilene Florêncio. Em declaração ao Correio Brasiliense, ela destacou:

“O atendimento noturno é voltado as pessoas que trabalham o dia inteiro. Mães e pais que não podem levar suas crianças para se consultar porque não podem faltar ao trabalho. As pessoas poderão agendar consultas de pré-natal, de crescimento e desenvolvimento infantil e as odontológicas, e também os pacientes hipertensos e diabéticos”.

Confira a lista completa das 19 Unidades Básicas de Saúde (UBSs)

UBS 2 da Asa Norte;
UBS 1 do Riacho Fundo I;
UBS 1 do Riacho Fundo II;
UBS 1 da Estrutural;
UBS 2 do Guará;
UBS 1 do Paranoá;
UBS 1 de São Sebastião;
UBS 1 do Itapoã;
UBS 2 de Sobradinho I;
UBS 2 de Sobradinho II;
UBS 5 de Planaltina;
UBS 7 de Ceilândia;
UBS 12 de Ceilândia;
UBS 2 do Recanto das Emas;
UBS 12 de Samambaia;
UBS 5 de Taguatinga;
UBS 1 de Águas Claras;
UBS 1 de Santa Maria;
UBS 6 do Gama.

Fonte: Correio Brasiliense

*Foto: Divulgação / Breno Esaki – SES