Rede de coletivos culturais lança programação online na pandemia

Manifesta Arte em Rede, com grupos de coletivos culturais de São Paulo que irão promover programação pela internet até o dia 15 de abril

A Rede Manifesta Arte em Rede, que reúne mais de trinta coletivos culturais de organizações de São Paulo, fará apresentações online em esquema “pague quanto puder”. O projeto vai rolar durante a pandemia do novo coronavírus, e a rede ainda vai doar 80% do valor arrecadado para ajudar quem está em situação de vulnerabilidade neste período de quarentena.

Programação dos coletivos culturais

A programação dos coletivos culturais do Manifesta Arte vai de hoje (1º) até o dia 15. As apresentações acontecem por meio das plataformas criadas nas redes sociais. Basta acessar o Instagram do projeto. As entidades beneficiadas pelos recursos arrecadados serão: Anjos da Sopa (Grande ABC), Arsenal da Esperança, Missão Belém, Pastoral de Rua, Terra Indígena Jaraguá e Unas Heliópolis. Além do Instagram, as pessoas podem acessar o conteúdo cultural pelo Facebook.

No total, são em torno de 200 profissionais vinculados aos coletivos culturais que vão realizar uma ação virtual com o intuito de sensibilizar a população para a questão de quem tem menor poder aquisitivo e não tem sequer seus direitos básicos atendidos.

Linguagens

O Manifesta Arte em Rede conta com artistas de diferentes linguagens, na ideia de dialogar e conectar pessoas, além de confortar àqueles se encontram em período de isolamento social, para que assim outros sentimentos sejam despertados. Com isso, a angústia e o medo darão lugar ao conhecimento, alegria e arte.

A ação dos coletivos culturais promoverá uma programação especial nestas duas semanas com conteúdos online de cada um dos projetos envolvidos. O “chapéu online”, como eles definiram o projeto espera arrecadar recursos para repassar a quem mais precisa neste momento de pandemia da Covid-19.

Consultoria jurídica

Além das apresentações artísticas, a Manifesta Arte em Rede conta com uma consultoria jurídica da NANNINI & QUINTERO Advogados Associados. O escritório vai disponibilizar conteúdos técnicos atualizados sobre as Medidas Provisórias lançadas pelo Governo Federal, especialmente no que tange às Leis Trabalhistas na área de cultura.

Veja os coletivos culturais que integram o projeto Manifesta Arte em Rede

A ação Manifesta Arte em Rede é composta por artistas de linguagens como: dança, circo, teatro infantil, teatro jovem e adulto, música, cultura popular, intervenção urbana, cinema, artes visuais, poesia, produção cultural, comunicação, consultoria jurídica, profissionais da educação e uma Organização Social sem Fins Lucrativos.

Fazem parte da ação: Trupe DuNavô, Circo di SóLadies, Laerte (Cartunista), Companhia Estudo de Cena, Sissy Eiko (artista visual), Grupo Esparrama, Rainhas do Radiador, Organização Palhaços Sem Fronteiras Brasil, Tempero da Carne, Bando Goliardxs, Grupo Pandora de Teatro, Desembargadores do Furgão, Maestrina Ester Freire, O Clube, Clarín Cia de Dança, Companhia dos Solilóquios, In Totum Cultura Criativa, Luciana Gandelini (Produtora Cultural e Assessoria de Imprensa), Cia Mundu Rodá, Alício Amaral, Trupe Baião de 2, Paula Petreca (Projeto CO), Grupo Teatral Mata!, Grupo Zumb.boys, Camerata Camará, Canto de Fraldas, Guardanapos Poéticos, Diogo Noventa (cinema), Eduardo Izidoro – Waralls (Artista Plástico), Alexandro Marques – Aleatório (Letrista), Ana Pessoa (Literatura), Cromossomos, Circo do Asfalto, Thaísa Valadão – Aletheia Produções e Artes, Maria Maranhão (contação de histórias), Elaine A. Pereira (Doutora em Educação pela PUC-SP), Thiago Gouveia (Consultor Jurídico), Recicla Filmes e Cia. Os Rouxinóis.

Fonte: G1

*Foto: Divulgação / Valentina Parravicini