Vacinação contra gripe em Niterói: começa fase com idosos de 70 anos ou mais

Vacinação contra gripe em Niterói começa na próxima segunda-feira (25), também destinada a profissionais de saúde com 40 anos ou mais

Na próxima segunda-feira (25), a Prefeitura de Niterói começa a aplicação da vacina contra a Influenza (gripe) em idosos a partir de 70 anos, e profissionais de saúde com 40 anos ou mais.

Vacinação contra gripe em Niterói

Além da vacinação contra gripe em Niterói, também haverá quarta dose ou segunda dose de reforço da vacina contra a Covid-19 para idosos a partir de 80 anos. Mas não esquecer que o intervalo é de quatro meses da terceira dose (primeira dose de reforço).

Locais e documentos

A imunização estará disponível em quatro policlínicas, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17 horas, com entrada até às 16h.

Além disso, para receber a dose da vacina contra a gripe, o idoso precisa apresentar identidade, CPF e cartão de vacinação. Já o profissional de saúde, além desses documentos, é necessário comprovante profissional.

Já para a quarta dose ou segunda dose de reforço da vacina contra a Covid-19 também é necessário apresentar a identidade e comprovante das doses anteriores. A imunização estará disponível de segunda a sexta-feira, das 8h às 17 horas, também com entrada até às 16h.

O secretário municipal de Saúde, Rodrigo Oliveira, alerta para a importância da vacinação.

“É fundamental que o público-alvo compareça a um posto de vacinação para receber a dose da vacina contra a Influenza. A imunização é segura e evita quadro grave da doença.”

Riscos em relação à Influenza

Idosos, crianças, gestantes e pacientes com comorbidades possuem um risco maior de desenvolver complicações devido à doença Influenza. Segundo a Organização Mundial da Saúde, estima-se que a Influenza acomete de 5% a 10% dos adultos e 20% a 30% das crianças, provocando de 3 milhões a 5 milhões de casos graves, e 250 mil a 500 mil mortes todos os anos.

Gripe – A Influenza

Por outro lado, esta gripe é uma doença viral febril, aguda, geralmente benigna e autolimitada. Frequentemente, é caracterizada por início abrupto dos sintomas, que são predominantemente sistêmicos. Isso inclui febre, calafrios, tremores, dor de cabeça, mialgia e anorexia, assim como sintomas respiratórios com tosse seca, dor de garganta e coriza. A infecção geralmente dura uma semana e com os sintomas sistêmicos persistindo por alguns dias, sendo a febre o mais importante.

Transmissão do vírus Influenza

Já os vírus Influenza são transmitidos facilmente por aerossóis produzidos por pessoas infectadas ao tossir ou espirrar. Existem três tipos de vírus Influenza: A, B e C.

A influenza C gera infecções respiratórias brandas, não possui impacto na saúde pública e não está relacionado com epidemias. Os tipos A e B são responsáveis por epidemias sazonais, sendo o vírus Influenza A responsável pelas grandes pandemias.

Confira os locais de vacinação:

Policlínica Sérgio Arouca – Rua Vital Brazil Filho, s/nº – Vital Brazil.

Policlínica Dr. João da Silva Vizella – Rua Luiz Palmier, 726 – Barreto.

Policlínica Regional de Itaipu – Avenida Irene Lopes Sodré, s/nº, Itaipu.

Policlínica Regional Carlos Antônio da Silva – Avenida Jansen de Melo, s/nº, São Lourenço.

*Foto: Reprodução