Baleias jubartes atraem turistas até o litoral baiano

Os visitantes podem acompanhar o espetáculo de diversos pontos da costa da Bahia até o mês de novembro

A temporada de baleias jubartes atraem turistas até o litoral baiano. A observação desses mamíferos deve registrar a maior concentração de sua espécie já vista na costa brasileira. Elas são atraídas ao mar brasileiro principalmente pela temperatura das águas. Com isso, as baleias conseguem se reproduzir por aqui. Durante o período de acasalamento, é estimado pelo Instituto Baleia Jubarte que 20 mil mamíferos marinhos frequentem a costa do país.

Baleias jubartes atraem turistas

Os visitantes poderão conferir o espetáculo de diversos pontos do litoral da Bahia, sendo que os mais indicados são: Salvador, Barra Grande, Itacaré, Morro de São Paulo, Prado, Praia do Forte, Porto Seguro e Caravelas (Abrolhos). Situado na divisa ao sul da Bahia com o Espírito Santo, arquipélago de Abrolhos é considerado o local onde mais há baleias jubartes. As embarcações saem de Caravelas com destino à Abrolhos. O trajeto dura em torno de quatro horas. Ao chegarem ao destino, os turistas podem contemplar as baleias e observarem seus movimentos de cauda e jatos de água.

Parque Nacional marinho dos Abrolhos

O Parque Nacional marinho dos Abrolhos é protegido pela Marinha do Brasil e pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio). Neste lugar, os mamíferos marinhos sentem-se livres para praticarem o que mais gostam: saltos. Os visitantes podem conferir a exibição de até dois terços do corpo desses animais em um ritual de acasalamento. De acordo com estudos de três décadas, a população das jubartes, antes de duas mil, pode superar 20 mil na temporada deste ano.

Turismo no litoral baiano

As baleias jubartes atraem turistas e este interesse pode ser benéfico para potencializar o turismo da região, de acordo com o biólogo do projeto Baleia Jubarte, Sérgio Cipolotti. Em declaração ao portal do ministério do Turismo, ele disse:

“É possível desenvolver um turismo de experiência com animais em seu habitat natural, o que gera grande atrativo para os destinos costeiros, além de renda e empregos para as comunidades locais”.

Ele ainda ressalta que há uma estimativa do número de pessoas que devem visitar o litoral baiano para observação das baleias, que deve ser entre 12 e 15 mil turistas.  

Precauções

Para que todos tenham uma experiência boa de observação desses mamíferos, algumas medidas devem ser tomadas antes. É de suma importância que o bem-estar dos animais seja preservado. Portanto, antes do embarque dos visitantes, eles participam de uma palestra para obter as informações necessárias sobre as baleias. Como é o comportamento delas nas águas, além de detalhes de como será realizada a atividade.

Em seguida, essas pessoas recebem um folder explicativo sobre o turismo de observação de baleias jubartes. Sendo assim, os turistas já embarcam nos cruzeiros tendo o conhecimento necessário e também já estão sabendo sobre a legislação vigente que regulamenta passeios desse tipo.

Além disso, os agentes de turismo, mestres de embarcações e marinheiros são treinados todo ano para passar a correta orientação aos visitantes sobre as regras de avistagem de baleias. As operadoras de turismo levam as pessoas, porém são os profissionais treinados que acompanham os passeios. A medida visa a responsabilidade e garantia de uma distância segura entre animais e visitantes.

Fonte: site Ministério do Turismo

*Foto: Reprodução / Instituto Baleia Jubarte – Enrico Marcovaldi