Cooperativa Aurora investe R$ 568 milhões em unidades do Sul

A Cooperativa Aurora investirá recursos nas cidades de Chapecó e Guatambu, duplicando o abate de suínos e triplicar o de frango, além de gerar seis mil novos empregos

A Cooperativa Aurora vai inaugurar amanhã (15) a duplicação da unidade do bairro Efapi, na cidade de Chapecó, local denominado como FACH 1, que recebeu aporte no valor de R$ 268 milhões. Já os outros R$ 300 milhões serão investidos no Frigorífico Aurora Guatambu, na intenção de triplicar o abate de frangos.

O total de R$ 568 milhões em investimentos vai gerar seis mil novos empregos e, consequentemente, movimentar a economia destas unidades do sul do país.

Aurora – FACH 1

O número de trabalhadores do FACH 1 vai passar de três mil para 5.480 funcionários. Já o abate de suínos que antes era de 5.230 animais por dia, agora será de 10.527.

Sobre isso o presidente da cooperativa, Mário Lanznaster, afirmou ao portal NSC Total:

“Será o maior frigorífico de suínos do Brasil, já vamos inaugurar com abate de 8 mil suínos dia e até maio do ano que vem deveremos chegar a 10,5 mil. Com isso o abate da Aurora vai passar  de 20 mil suínos por dia para 25 mil”.

Ele ainda destacou que as novas estratégias da Aurora mira o mercado interno e externo, com um mix de 221 produtos. Sendo assim, o destaque dessa nova empreitada vai para os frescais, linguiças, mortadela e salsichas.

Déficit de milho

Mesmo com o déficit de milho em Santa Catarina, a ideia de expandir a unidade foi em função da tradição da suinocultura na região e também pela presença das cooperativas afiliadas, além da disponibilidade de água, mão de obra e terreno. Fora o status sanitário diferenciado que o estado catarinense já possui, como sendo o único que possui certificado de zona livre de aftosa sem vacinação, que foi concedido há 12 anos pela Organização Mundial de Saúde Animal (OIE).

Portanto, Santa Catarina é o único estado a exportar para países como Estados Unidos, Coréia do Sul e Japão. Além disso, a unidade da Arorua FACH 1 é a única a exportar para os Estados Unidos. Lanznaster complementa:

“Já exportamos 700 toneladas por mês para os Estados Unidos e vamos passar para mil toneladas. O Japão também fez um pedido de mais mil toneladas por mês. Temos capacidade para atender outros mercados também”.

Faturamento da Aurora deve aumentar

Com a nova fábrica, a Cooperativa Aurora pretende crescer em termos de faturamento em 20%. No ano passado, esta quantia foi de R$ 9,1 bilhões. A empresa deve encerrar 2019 com R$ 10 bilhões, e planeja para 2020, a meta de atingir os R$ 12 bilhões em faturamento. O presidente ainda disse:

“Neste mês já vamos bater o recorde e atingir R$ 1 bilhão de faturamento por mês e, para o ano que vem, queremos fazer a média de R$ 1 bilhão por mês”.

No caso de Guatambu, está prevista para daqui a 11 meses a inauguração da expansão de seu frigorífico, que deve passar de 118 mil frangos por dia para 370 mil. Já em relação ao número de colaboradores, o indicativo vai passar de 1,4 mil para 5 mil funcionários. Hoje, a Autora possui um quadro de 28 mil trabalhadores.

Fonte: portal NSC Total

*Foto: Divulgação