Filme psicológico com Paulo Micklos retrata a cidade de SP

Thriller “O Homem Cordial” será exibido em primeira mão na 47ª edição do Festival de Cinema de Gramado, em agosto

Protagonizado pelo cantor e ex-Titãs, Paulo Micklos, o filme “O Homem Cordial”, do diretor Iberê Carvalho aborda o ódio e a intolerância, tendo como pano de fundo a cidade de São Paulo.

Esta é a primeira vez que um longa-metragem do diretor integra a mostra competitiva do Festival de Cinema de Gramado, que acontece de 16 a 24 de agosto. O roteiro foi assinado em parceria com o uruguaio Pablo Stoll.

Filme psicológico com Paulo Micklos retrata a cidade de SP

A capital paulista foi escolhida por Carvalho para contar a história de Aurélio, um homem de 60 anos, heterossexual, branco e rico. Mesmo sendo privilegiado por sua condição, eles sente-se impotente diante da atual realidade do país e da metrópole onde vive.

A escolha do diretor não foi à toa, pois a cidade de São Paulo também é considerada uma personagem do filme. Pois, neste lugar, há o desenvolvimento urbano que serviu como um olhar estrangeiro a quem não é de lá. De acordo com Iberê, eles conseguiram passar esta sensação de frescor que o município pode agregar.

Enredo

Aurélio, assim como Micklos foi, é vocalista de uma banda de rock que teve seu auge décadas antes e declinou no fim dos anos 90. No entanto, é preparado o retorno do grupo nos dias atuais. Exatamente no dia da volta de Aurélio e sua trupe aos palcos, um vídeo viraliza na internet.

Seu conteúdo mudaria de vez a vida do vocalista, que se viu envolvido numa cena de crime em que um policial é morto. Em uma única noite, Aurélio é motivo de repulsa por grupos radicais e sofre as consequências. As ruas de São Paulo passam a fazer parte do enredo e como voz também, por onde o protagonista caminha sem rumo e sem saber o que fazer.

Durante esta noite interminável, ele vai se deparar com pessoas importantes que fizeram parte de sua vida. Além disso, também conhecerá Helena, vivida pela atriz Dandara de Morais. Na história, ela é uma jornalista que se prontifica a descobrir a verdade sobre este crime.

Por que o ex-titã?

Em declaração ao portal Terra, o diretor do thriller afirma:

“Ele (Paulo Miklos) é perfeito para o papel. Claro que o fato de sua experiência em uma das maiores bandas de rock do Brasil é um fator excepcional, já que o roteiro previa uma cena de show, mas a escolha foi principalmente por seu trabalho em O Invasor, que é uma das referências estéticas do filme”.

Elenco e equipe

“O Homem Cordial” ainda traz no elenco figuras importantes da música como o rapper Thaíde, na pele de Béstia, e DJ, músico e ator, Theo Werneck, como Nico. Completando a lista, Bruno Torres (“Somos Tão Jovens”), Mauro Schames (“Gigantes do Brasil”), Thaia Perez (“Aquarius”), Thalles Cabral (“Capsula”) e André Deca (“Meu Amigo Nietzshe”).

Além de Paulo Stoll, como roteirista do longa, a equipe contou com o vencedor do Kikito de Melhor Fotografia, Pablo Baião, no último Festival de Gramado. Já a direção de arte ficou a cardo de Simonal e Maíra Carvalho que também já ganhou troféu de melhor Direção de Arte neste festival, em 2015, com o filme “O Último Cine Drive-in”.

Fontes: Portal Terra e site Reserva Cinéfila

*Foto: Divulgação