Museu do Piauí integra a 20ª Semana Nacional dos Museus

Museu do Piauí contará com uma programação especial que segue até 10 de junho

Na segunda quinzena de maio começou a 20ª Semana Nacional dos Museus. Sendo assim, o Museu do Piauí aderiu ao movimento com uma programação de abertura no dia 18, com apresentação do Coral Madrigal Vox Populi. A iniciativa ainda inclui exposição, debate, oficina e música para dar visibilidade ao “Poder dos Museus”.

Museu do Piauí

Além disso, o tema, escolhido pelo Conselho Internacional dos Museus (Icom), evidencia a dualidade existencial dessas instituições. Neste caso, a potencialidade social transformadora em suas ações, assim como a capacidade em controlar, manter e impor determinados padrões.

A casa de cultura promove a temática até o dia 10 de junho, com portas abertas para visitação à exposição da artista Dalva Santana, intitulada “Novo Amanhecer”. A mostra é composta por 22 telas criadas entre os anos de 2017 e 2021. Elas reatratam o estilo próprio da artista, aliando o processo criativo, a liberdade na combinação de cores e movimentos. Contudo, cada quadro possui seu diferencial, onde Dalva nos convida, por meio da sua arte, à imersão no universo marcado por relações de afeto, pela presença da dança, da música e da cultura em suas mais diversas manifestações.

O que esperar desta edição

Segundo a coordenadora do Museu do Piauí, Dora Medeiros:

“Este ano, ligado ao tema “O Poder dos Museus” e como forma de dar mais visibilidade a essas instituições, o Museu do Piauí está com uma programação bastante interessante, com abertura dia 18 de maio, onde comemoramos o Dia Internacional dos Museus. Além da apresentação do Madrigal Vox Populi e a exposição da Dalva, teremos também o lançamento do projeto Rádio Museu – A música em sua essência, dentre outros eventos, que seguem até dia 24 de maio. Então, participem, vão ao Museu do Piauí e conheçam a história e sua memória.”

Realização

Por fim, a 20ª Semana Nacional de Museus é uma realização do Instituto Brasileiro de Museus (IBRAM) e no Piauí tem o apoio da Secretaria de Estado de Cultura (Secult).

*Foto: Divulgação