Queima de fogos no Rio será de 14 minutos

Queima de fogos em Copacabana será de 14 minutos de duração, com aproximadamente 16,9 toneladas de fogos para impactar visualmente as mais de 2,8 milhões de pessoas, entre moradores locais e turistas, na renomada praia da capital fluminense

A contagem regressiva para o Ano Novo de Copacabana, no Rio de Janeiro, está a todo vapor. Considerado um dos principais pontos do mundo para queima de fogos e o mais famoso no Brasil, a festa terá 14 minutos de explosão de fogos de artifício, que promete emocionar mais de 2,8 milhões de pessoas, entre residentes da cidade maravilhosa e turistas, de acordo com a prefeitura.

Nesta edição, o tema da festa é “Amor a cada vista”, que está associado à beleza natural e arquitetônica. Prova disso é que em 2020 a cidade receberá o título de a primeira Capital Mundial da Arquitetura, concedido pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) e pela União Internacional dos Arquitetos (UIA).

Queima de fogos em Copacabana

A já renomada e tradicional queima de fogos no bairro de Copacabana terá 14 minutos de duração. O show pirotécnico contará com trilha sonora totalmente sincronizada, iniciada, obviamente, à meia-noite. As pessoas poderão contemplar o espetáculo que possuirá 10 balsas, com 16,9 toneladas de fogos com bombas de alto, médio e baixo volumes, e também com a presença de artefatos jamais vistos antes nesta praia.

No entanto, tais preparativos envolveram uma saia justa: o prefeito Marcelo Crivella, confirmou que o Gospel será, pela primeira vez, um dos ritmos da virada de ano e convidou a cantora Anayle Sullivan para a noite de apresentações. Foram ela, também estão confirmados o violinista Allyrio Mello, os sambistas Diogo Nogueira e Ferrugem, o DJ Marlboro e a escola de samba da Mangueira.

Estrutura para o Ano Novo

A prefeitura do Rio de Janeiro promoverá uma estrutura para o réveillon 2020 com uma estrutura de comemoração com sete telões para que as pessoas consigam acompanham todos os espetáculos musicais, além de 16 torres de comunicação com sonorização, 800 banheiros químicos, quatro postos de atendimento médico e 30 torres da Polícia Militar.

Outros oito palcos ficarão espalhados em diferentes bairros da cidade maravilhosa, situados no Flamengo, de onde terá queima de fogos disparados por meio de três balsas; Ilha de Paquetá; Ilha do Governador; Parque de Madureira; Sepetiba; Guaratiba; Piscinão de Ramos; e Penha. Já na Barra da Tijuca, a queima de fogos contará com 12 pontos, com duração de 5 a 15 minutos.

Fonte: jornal Estado de Minas

*Foto: Divulgação / Mauro PIimentel – AFP