Bombeiros: conheça a 1ª mulher tenente-coronel de Salvador

Desde a publicação no Diário Oficial em 17 julho, agora Ana Fausta Araújo, de 48 anos, agora é conhecida como a 1ª mulher tenente-coronel de Salvador, integrante do Corpo de Bombeiros Militar da Bahia (CBMBA). Este fato jamais aconteceu no decorrer de 124 anos de história da corporação do estado, inaugurada em 1894.

1ª mulher tenente-coronel de Salvador

Hoje a tenente está à frente do grupo especializado em salvamentos aquáticos e de mergulho, o GMAR. Ela comanda uma equipe de 122 pessoas, onde somente 11 são mulheres.

Trajetória de Ana Fausta

A carreira de Araújo, em Salvador, é pontuada por outros pioneirismos. Ela foi a primeira mulher a liderar um grupamento do Corpo de Bombeiros.

Além disso, em 1990, integrou a primeira classe de mulheres da Polícia Militar da Bahia. Seis anos depois, pediu transferência para ser membro do Corpo de Bombeiros. A corporação foi subordinada à PM até 2014.

Neste período, ela tinha 18 anos e tinha acabado de se formar curso de instrumentação da antiga Escola Técnica da Bahia. Porém, uma crise econômica assolava o país e a mãe a avisou de um concurso público da PM. Conclusão: Ana passou no certame e ingressou em uma carreira que não contava com ninguém de sua família no mesmo ofício. Ela recorda que não sabia nem o nome das patentes da Polícia, para a hoje tenente-coronel todos eram policiais e só.

Além disso, o início de sua chegada e de outras mulheres baianas ao universo predominado por homens não foi fácil. Ela ouvia muitos comentários machistas, entre eles, que o lugar da mulher é na cozinha. No entanto, havia os homens que também as acolhiam na profissão.

Outras mulheres de destaque na Polícia da Bahia

Além de Ana Fausta, outras duas mulheres de sua turma também merecem destaque hoje. São elas: a major Cleide Milanese, que é a primeira em seu posto de comandante da 12ª Companhia de Polícia Militar; e a major Denice Santiago, que é comandante da Ronda Maria da Penha, fundada em 2015.

Estabilidade

Apesar da estabilidade profissional, Araújo nunca deixou de estudar. Ao contrário, ela é formada em diversos cursos. Entre os quais, graduou-se bacharel em ciências contábeis e urbanismo. Também é pós-graduada em gestão pública municipal pela Universidade do Estado da Bahia. Já na Universidade Federal da Bahia, ela se graduou em gestão em segurança pública. Por fim, é pós-graduada em segurança pública pela própria PM do estado.

Projeto Anjinhos da Praia

Criado em 2016, o projeto Anjinhos da Praia também conta com a ajuda de Ana Fausta. O programa atende três turmas de 40 crianças, com idades entre 7 e 13 anos.

O programa foi desenvolvido por corpos de bombeiros em outros estados. Na Bahia ganhou o nome ‘anjinhos’ em virtude da religiosidade dos baianos e da própria bombeira.

A tenente-coronel declarou à Folha de S. Paulo, que:

“Por cinco dias, aprendem lições de cidadania, sobre os cuidados na água, sinalização, primeiros socorros, além de abordarmos outros temas importantes e atuais, como bullying e prevenção às drogas”.

Vida pessoal

Desde sua nomeação, o telefone de Ana Fausta não parou de tocar, recebendo felicitações de familiares e amigos. Fora da corporação, ela é a mãe de uma moça de 19 anos e também responsável por seu irmão mais novo, que possui síndrome de Down. Ela ainda ressalta que toda mulher é capaz de desempenhar qualquer coisa que queira realmente se dedicar.

Fonte: Folha de S. Paulo

*Foto: Divulgação / SSP-BA