Moradores de Lages descumprem regras e multas passam de R$ 700 mil

Com o descumprimento dos moradores de Lages (SC) quanto às regras sanitárias, as fiscalizações por parte das Forças de Segurança de Lages, Polícia Civil e Militar, Bombeiros, Defesa Civil e Vigilância Sanitária foram intensificadas

Recentemente, o cotidiano dos moradores de Lages levou a muitas multas por descumprirem as regras sanitárias impostas na cidade. Sendo assim, as fiscalizações por parte das Forças de Segurança de Lages, Polícia Civil e Militar, Bombeiros, Defesa Civil e Vigilância Sanitária foram intensificadas.

Moradores de Lages descumprem regras sanitárias

Até o momento, desde o começo do ano, a Polícia Militar já registrou mais de 240 infrações de moradores de Lages. O motivo é o descumprimento das normas previstas em decretos do estado e do município, em razão da pandemia de Covid-19.

Multas passam de R$ 700 mil para moradores de lages

Em contrapartida, o valor das autuações já passa de R$ 700 mil. Apenas no mês passado, 75 pessoas foram multadas por não utilizarem a máscara. Com isso, cada uma recebeu R$ 2,4 mil em multa, totalizando R$ 180 mil.

Outras seis multas no valor de R$ 21,4 mil foram aplicadas para responsáveis por aglomeração ou estabelecimentos comerciais que descumpriram regras sanitárias.  De acordo com a Vigilância Sanitária foram mais de 500 atendimentos em um mês.

Gerência de Vigilância Sanitária

Os termos de notificação emitidos pela PM são encaminhados à gerência de Vigilância Sanitária para abertura do processo administrativo. De acordo com a gerente de Vigilância Sanitária, Karen Azeredo quem é multado pode recorrer da infração em até 15 dias.

“O infrator terá ciência da infração cometida através do auto de infração. Ele pode receber esse documento pessoalmente, pelos correios ou por edital, caso ele não seja encontrado. Tem 15 dias para recorrer, e após julgado pode ser multado ou não.”

Secretaria de Saúde de Lages

Por fim, os valores arrecadados são destinados à Secretaria de Saúde de Lages, para o combate da pandemia. Quem quiser fazer uma denúncia pode ligar diretamente para o número (49) 98406-4037.

*Foto: Divulgação/Defesa Civil