Niterói 450 anos: Centro da cidade será revitalizada até 2024

Niterói 450 anos terá celebração no ano que vem e a prefeitura da cidade já prepara uma série de intervenções. Elas prometem alterar a paisagem da região central até 2024, o que impactará positivamente no cotidiano de seus moradores.

Niterói 450 anos – revitalização

Além disso, já há propostas conhecidas, o que inclui as reformas da Concha Acústica e da Praça Araribóia. E ainda as obras que pretendem criar um corredor verde na Avenida Amaral Peixoto e reurbanizar toda a Rua da Conceição e a Avenida Rio Branco. O plano prevê investimento de R$ 406,5 milhões.

Uma das principais alterações viárias vai integrar ainda mais o Caminho Niemeyer ao Centro. As ruas Leopoldo Fróes, Saldanha Marinho e Marquês de Caxias, que hoje terminam no cruzamento com a Avenida Rio Branco, serão estendidas até a Rua Professor Plínio Leite, no acesso ao Terminal João Goulart.

A criação de novas ruas no terreno onde já funcionou um supermercado vai criar oito quarteirões e permitir o acesso de veículos e pedestres de modo mais rápido à via que passa em frente às obras de Niemeyer.

De acordo com Renato Barandier, secretário municipal de Urbanismo e Mobilidade, o novo arruamento vai criar conexões com pontos turísticos importantes, além de poder atrair investimentos privados para o local.

“Essa é uma área que onde o abandono dos lotes privados gerou um aspecto de degradação, e queremos reverter isso, trazendo para a região mais qualidade urbana, tornando o Centro mais atrativo para novos moradores.”

Edital para niterói 450 anos

Já o edital para a contratação da obra na Praça Araibóia está prometido para março. Segundo a prefeitura, serão investidos R$ 10 milhões na reurbanização da praça, que terá maior abertura para a frente marítima, e na implantação do paisagismo projetado pelo Escritório Burle Max. O bicicletário também será ampliado e passará das atuais 446 vagas para 950, ao custo de R$ 1 milhão.

Concha Acústica

Anunciado em 2018, finalmente o projeto de revitalização da Concha Acústica sairá do papel. Agora, falta apenas a formalização do registro do consórcio ganhador da licitação da obra para o começo dos trabalhos. Serão gastos R$ 87,5 milhões na construção de novos equipamentos esportivos, incluindo um ginásio de padrão internacional.

Reforma de praças

Por fim, o pacote de intervenções no Centro ainda inclui a reforma das praças do Rink, da Republica, Leoni Ramos e do Jardim São João, além do restauro da Casa Lourival de Freitas. Para isso, a prefeitura promete investir R$ 30 milhões para criar uma escola de música no antigo casarão. O prefeito Axel Grael (PDT) diz que possíveis transtornos com as obras, que podem ocorrer simultaneamente em locais diferentes, estão sendo considerados no cronograma que será executado.

*Foto: Divulgação