População de São Luís (MA) ocupa mais espaços verdes da cidade

Cada vez mais as pessoas da capital do Maranhão têm ocupado praças e parques que foram revitalizados, gerando espaços verdes, além de poderem praticar mais atividades ao ar livre

Os residentes de São Luís têm ocupado cada vez mais espaços verdes, após uma revitalização promovida pela prefeitura da cidade, em parceria com coletivos. Com isso, é necessário também que tenha um dever em defender e preservar todas essas áreas para que atuais e futuras gerações continuem desfrutando deste bem que é para todos.

A revitalização desses pontos já deixa visível que os espaços verdes têm despontado pelo município. Agora, locais que antes tinham pouca frequência, passaram a receber mais visitações, que deixa a “ilha do amor”, como é conhecida, mais bonita e ecologicamente urbanizada.

Aniversário de São Luís e seus espaços verdes

Em 2019, a cidade de São Luís celebra seus 407 anos de existência. Por isso, a Prefeitura Municipal decidiu garantir que a região contasse com um local mais sustentável e com espaços verdes de convivência. Foi criado, então, o programa “São Luís em Obras”, com o objetivo de realizar obras de melhorias em diversos locais da capital. Entre eles, estão: a Praça da Bíblia, Praça da Misericórdia e entorno, e Praça da Saudade. Também foi contemplado pela iniciativa o parque do Bom menino, que faz parte do projeto de requalificação e habitação na região da capital. 

Mais espaços verdes

A prefeitura tem expandido um trabalho que já havia sendo desenvolvido nesta gestão e tem apresentado resultados positivos para a capital do Maranhão. O que inclui a requalificação de espaços verdes na zona central do município, além da urbanização de bairros e a melhoria da mobilidade urbana.

Sobre isso, Barbara Prado, que é professora Arquiteta e Urbanista, Doutora em Urbanismo pela UFRJ e Mestre em Desenvolvimento Urbano, complementa a respeito das praças:

“Não pode ser tratado como uma decoração da cidade, mas como elementos fundamentais da estrutura urbana, da vida na cidade”.

Conexão com São Luís

Barbara também explica que esses espaços verdes podem ser positivos para um uso comum da sociedade.

“Existem inúmeras pesquisas que associam o índice de violência com a falta de espaços livres públicos e espaços livres vegetados. Muitas áreas urbanas brasileiras adensadas estão entre as áreas mais violentas. Falta o campinho de futebol, faltam árvores e praças, faltam playgrounds, faltam quadras e áreas de lazer. Sobram bares e jogos, onde se bebe e se briga”.

Ela também diz que não devemos tratar áreas destinadas ao esporte e lazer como sendo de difícil acesso, mas sim como necessidades básicas para qualquer cidadão. 

Parque Bom Menino

É importante que tenham mais espaços verdades pelas cidades, e este é o caso da capital do maranhão. Pois, faz parte do cotidiano da população transitar por estes lugares e é necessário que eles estejam preservados e iluminados.

Esses locais podem promover atividades ligadas à saúde, além da chance de interação com outras pessoas e suas diferenças e fazer novas amizades. Há o dever desses lugares públicos priorizarem a qualidade para que tenha uma mobilidade mais ativa, possibilitando o bem-estar de quem os frequenta.

Os espaços verdes, como praças e parques podem se transformar em pontos de encontros dos mais jovens, além de crianças e idosos. Piqueniques podem ser realizados nestes locais, promovendo mais interação.

Parque Municipal da Quinta do Diamante

O Parque Quinta do Diamante é considerado a maior reserva de área verde do Centro de São Luís. A região já recebeu obras de infraestrutura, promovidas pela Prefeitura na intenção de preservar o lugar e torná-lo mais uma opção de espaço verde para visitação, além de prática de atividades esportivas e de lazer.

O parque conta com uma área de cerca de três hectares que receberá, após sua conclusão, atividades desportivas, lazer, oficinas para cultivo e plantio de mudas e de educação ambiental.

Além disso, tais atividades ao ar livre podem gerar gasto calórico elevado, trazendo benefícios à autoestima, como reforça o educador físico Leonardo Oliveira, em declaração ao jornal O Imparcial.

Fonte: Jornal O Imparcial

*Foto: Divulgação