Combate ao Trabalho Infantil: Secretaria de Assistência Social promove ação

Combate ao Trabalho Infantil teve ação que ocorreu na semana passada, em uma das vias mais movimentadas de Cuiabá, a Avenida Fernando Corrêa da Costa, localizada na Região Sul

Na semana passada, a Secretaria de Assistência Social, Direitos Humanos e da Pessoa com Deficiência, realizou uma grande ação de sensibilização sobre a importância do Combate ao Trabalho Infantil, em alusão à data mundial (12 de junho). Tal mobilização ocorreu em uma das vias mais movimentadas de Cuiabá, a Avenida Fernando Corrêa da Costa, localizada na Região Sul.

Combate ao Trabalho Infantil

Para a ação de Combate ao Trabalho Infantil existe a equipe do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (PETI) da cidade. Ela ficou responsável por realizar a distribuição de panfletos orientativos sobre o tema. Eles foram entregues aos motoristas e pedestres, num cotidiano típico de quem passava pelo local, com enfoque na erradicação do trabalho precoce de crianças e adolescentes.

De acordo com a secretária Hellen Ferreira, o tema é abordado durante todo o ano. Mas que foi intensificado em junho com uma vasta programação realizada pela Prefeitura de Cuiabá, alertando sobre as consequências devastadoras acarretadas em razão do trabalho infantil.

“A mobilização noturna é de sensibilização da população para que abracem a causa, disseminem as informações, e auxiliem o poder público no combate desta prática, inclusive quanto as crianças expostas em rotatórias da cidade. Explicou que os serviços socioassistenciais disponibilizados pelo Poder Público estão de portas abertas para atender àqueles em situação devulnerabilidade social.”

Mobilização coletiva

Além disso, o condutor da ação, João Augusto, parabenizou a equipe pela mobilização coletiva. Para ele, é uma mal que necessita ser extinto da sociedade:

“É algo que nos faz refletir e pensar um pouco melhor sobre as crianças, pois temos casos desse tipo, muitas vezes, presente ao nosso lado e deixamos passar batido, não ajudamos, e isso precisa acabar de uma vez por todas.”

Ações vão até dia 29 de junho

As ações vão até o dia 29, com foco nas ruas, avenidas, rotatórias, shoppings, feiras, Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS), entre outros locais, realizadas por equipes técnicas.

Contudo, os munícipes podem ser um potente agente inibidor de ocorrências desta natureza. Isso porque para corroborar é simples, ao presenciar casos como este, basta entrar em contato pelo Disque 100 ou pelo telefone: (65) 99206-6741 (Conselho Tutelar Plantão).

No dia ação estiveram presentes: a secretária-adjunta de Assistência Social, Clausi Barbosa e agentes da Secretaria de Mobilidade Urbana (SEMOB), dando suporte ao trânsito. 

Antigo Bolsa Família

Por fim, vale lembrar que em 2005, houve a integração do PETI com o Programa Auxílio Brasil (antigo Bolsa Família), mediante a transferência de renda. Trata-se de um auxílio financeiro pago mensalmente pelo Governo Federal aos responsáveis legais de menores até os 16 anos, verificados em situações de trabalho infantil. A iniciativa garantiu a frequência escolar e participação em atividades sócio-educativas de abrangência em todo país, com objetivo de promover o resgate da cidadania e inclusão social de seus beneficiários.

*Foto: Reprodução