Novo Fab Lab Recife foca mais em áreas de inovação

O novo espaço também está vinculado a um desenvolvimento urbano

O novo Fab Lab Recife foca mais em áreas de inovação. O atual espaço foi inaugurado em 18 de julho. A empresa que é baseada em design também se dedica a criar soluções para toda cidade. O local é abrigado na Rua da Moeda, no Bairro do Recife. O coletivo busca saídas para o dia a dia dos recifenses, além da melhoria de convivência da zona urbana.

áreas de inovação

O novo espaço possui áreas de inovação, entre elas, segmentos de impressoras 3D e cortadoras a laser. Os equipamentos estão à disposição dos ‘makers’. Sobre isso, Cris Lacerda, uma das sócias do Fab Lab, declarou ao portal Folha Pe:

“A ideia é tratar de problemas reais, e por isso juntamos todos os agentes que possam proporcionar isso, como prefeituras, universidades e escolas”.

Parcerias

O coletivo possui parcerias com a Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) e com a Prefeitura do Recife. Esta união participou, inclusive, de um evento em Amsterdã (Holanda). O intuito do encontro foi para incluir a Fab Lab Recife na rede mundial Fab Lab, que tem extensões em outras cidades internacionais, como Boston e Paris.

Outro sócio do projeto, Edgar Andrade, complementa:

“Nós queremos não somente beber na fonte, mas num futuro próximo mostrar até para Paris algumas soluções que possam ser utilizadas no meio urbano”.

Em breve, outra parceria pode surgir para beneficiar o grupo, trata-se de apoio concentrado na própria Rua da Moeda. A Prefeitura do Recife analisa a possibilidade de criar um projeto de ‘pedestrianização’ do lugar, focando na qualidade dos pedestres. Com isso, a ideia é instalar equipamentos como parklets, que já existe no Parque da Jaqueira, por exemplo, além de brinquedos, entre outras iniciativas, ressalta Edgar.

Canal Maker

O espaço também ganhou um incentivo da Petrobras. A estatal vai promover um “Canal Maker” e seu conteúdo será voltado à inovação e ao manuseio das ferramentas para fabricação dos produtos. Além disso, serão realizados 30 encontros, chamados de Open Day. A intenção é apresentar protótipos de projetos. Também será promovido no local 12 oficinas básicas de fabricação digital, onde entra as impressões em 3D e corte a laser.

Em relação à comunicação, 10 Fab Talks acontecerão no espaço, com bate-papos de diversos assuntos de inovação e do universo maker. Já o Fab Role terá 30 visitas guiadas ao coletivo. A nova patrocinadora leva o nome ao Oficinas Petrobras de Prototyping Sprint, no total de três encontros sobre desenvolvimento e inovação de produtos.

Para as crianças, será oferecido seis oficinas Fab Kids. Enquanto isso, os adultos curtem um happy hour com bate-papos maker, no Fab Nights, em três encontros. De acordo com a estrategista de operações do Fab Lab Recife, Mariana da Mata, as programações proporcionadas visam a educação de novos makers, com pensamento sempre ligado à melhoria da cidade.

Abertura

O Fab Talk também foi inserido na inauguração do novo local e contou com palestra do engenheiro especializado em planejamento urbano e economia do setor público, Claudio Marinho. Ele também já foi secretário de Planejamento e de Ciência, Tecnologia e Meio Ambiente, e um dos fundadores do Porto Digital.

Funcionamento

O laboratório do coletivo funciona de segunda a sexta, das 9h às 18h. Em relação à utilização das máquinas, toda quarta-feira é exclusiva aos fabbers (associados). Já os Open Days acontecem às sextas-feiras.

Fora desses horários, a pessoa que se interessar precisará realizar um agendamento por meio do e-mail: [email protected] ou via telefone. Para valores e outras informações, basta acessar o site oficial.

Fonte: portal FolhaPE

*Foto: Divulgação